Índice "O Propulsor"

"U"

"V"

Designação

n.º

pág

V1 – VAPOR

  • - Alvorecer de uma nova era do vapor

51

49

  • - Conversão de vapor para diesel

97

37

  • - Futuro do vapor na propulsão dos navios

45

11

  • - Como optimizar a utilização do condensado

106

35

  • - Recuperação do condensado e vapor de reevaporização

112

36

  • - Uma moderna máquina alternativa a vapor

75

31

  • - Uma máquina a vapor para o Báltico

91

46

  • - Dimensionamento correcto do isolamento térmico

124

33

 

 

 

V2 – VEIOS

  • - Instruções para o desempeno de veios curvos

3

35

  • - Montagem e tubos telescópios

74

50

  • - Gerador de veio a solução

74

10

  • - Alinhamento racional da linha de veios

69

14

  • - Modificações que eliminam a necessidade de desmontagem do veio propulsor

87

78

99

48

54

20

  • - Fendas em veios

143

25

  • - Factores de intensidade de tensão para fendas semi-elípticas em veios

166

5

 

 

 

V3 – VELOCIDADE

  • - Consumo de combustível e produtividade de navios

77

79

49

39

  • - Velocidades mais convenientes dos navios

47

22

  • - Velocidade económica – considerações

100

72

  • - Velocidade das máquinas

177

42

 

 

 

V4 - VENTILAÇÃO

  • - A bomba em atmosferas perigosas

11

12

13

14

29

34

35

40

 

 

 

V5 - VIBRAÇÕES

  • - Vibrações em navios

59

19

  • - Perturbações em máquinas marítimas devido à vibração

60

61

62

64

10

10

20

10

  • - Controlo de ruídos e vibrações

109

18

 

 

 

V6 - VOLANTE

  • - Cálculo de velocidades de colapso por rotura do volante

60

24

  • - Determinação de velocidade de rotação do volante que provoque a sua auto-destruição

58

21

SOEMMM - Todos os direitos Reservados.