Índice "O Propulsor"

"N"

Designação

n.º

pág

N1 – NAVIOS

  • - Alquebramento do navio

84

50

  • - Navios com estabilizadores (amortecedores de balanço)

4

5

17

30

  • - Avaliação do preço do navio

98

30

  • - Navio “CASSINGA” – O maior navio Português para transporte de carga sólida

3

30

  • - Navio “QUEEN ELISABETH 2” – Começo da utilização das rodas livres Grim

99

30

  • - Contrato de construção de navio de pesquisa de pesca

14

25

  • - Ergonomia no projecto

27

10

  • - Estação flutuante de limpeza de tanques

19

26

  • - Porta – contentores com turbina a gás

7

30

  • - Falemos de navios

28

20

  • - Que fazer com navios obsoletos

98

43

  • - Futuras instalações propulsoras

45

10

  • - Investigação preliminar para desenvolvimento dum sistema para inspecção do casco

23

20

  • - Lançamento do primeiro transporte de produtos químicos

24

45

  • - Melhoria de eficiência do projecto do casco e da hélice

89

54

  • - “SHIN-EI-MARU” o primeiro a ser equipado com aleta de reacção

65

33

  • - Navio – Cortejo de desgraças

34

35

36

48

37

50

  • - Casco combinado nova forma de velocidade e resistência

76

51

  • - “KINOKAWA MARU” – Controlo pela voz, faz operar automaticamente o motor

75

50

  • - Navio porta – contentores com bolbo facetado

2

11

  • - Navio porta – contentores – Novas plataformas contentoras com dispositivo patenteado

65

41

  • - Navios tanques – Sistema de nível por computação “LCS”

49

41

  • - Navios tanques – Frota mundial em expansão

32

26

  • - Navios tanques – Gigantes do mar

2

10

  • - Super tanque (1.000.000 ton)

13

24

  • - Sujidade da superfície submersa do casco

43

41

  • - Sistemas de controlo dos movimentos

96

9

  • - Solução para diminuir custos e ser rentável

98

9

  • - “STEPHANITURM” – Sucesso obtido na recuperação dum tesouro

69

50

  • - Navio de transporte de gases liquefeitos de petróleo e amoníaco

9

10

11

13

13

14

  • - Navios feios mas económicos

56

21

  • - Navio alemão de investigação científica

19

45

  • - Navio do futuro

28

76

90

36

33

21

  • - Navio de bolbo à popa

69

34

  • - Navio petroleiro à prova do ruído

31

40

  • - Navios especiais para transporte de gases liquefeitos

13

11

  • - Navios de propulsão nuclear de funcionamento seguro

71

45

  • - Navios redondos, embarcações à vela antigos

71

10

  • - Petroleiro super gigante de um milhão de toneladas

9

18

  • - Navio de popa assimétrica

86

43

  • - Porta – contentores navegam mais economicamente com motor diesel

60

48

  • - Primeiro transporte de gás liquefeito com motor diesel “DUAL-FUEL”

23

34

  • - Navio “SOFALA” nova unidade da CNN

15

26

  • - RO-RO ideia “LINKSPAN”

53

34

  • - Transporte LPG – Isolamento interno com espuma de poliuretano

20

41

  • - Rebocador mais poderoso do mundo

34

37

  • - O maior navio a motor

11

21

  • - O maior petroleiro do mundo

34

34

  • - O maior transportador de veículos

31

36

  • - O maior rebocador do mundo

8

19

  • - RO-RO – Navio assimétrico tipo PARALLA e BARRANDURA

21

20

  • - RO-RO nova rampa de carga

40

47

  • - Navio tanque – Novo compressor de êmbolo de labirinto de bloco fechado

47

20

  • - Novo sistema “MAGNOMAT” para limpeza do casco

24

41

  • - Navio graneleiro – Novo sistema móvel e contentorizado para pesagem e ensacagem de produtos a granel

82

55

  • - Navios com cadastes assimétricos e informatizados

108

18

  • - Classificação de navio de cruzeiros

110

20

  • - Navio palangreiro

95

60

  • - Passageiros, tripulação e equipamentos beneficiam do controlo de vibrações

110

23

  • - O futuro para navios e engenharia

111

61

  • - Dupla avaria

115

61

  • - Uma observação às avarias por falta de estabilidade “A nova regulamentação”

113

51

  • - Futuros requerimentos de reparações de navios

117

18

  • - Geriatria de navios

117

54

  • - Navios do futuro

119

17

  • - Sociedades procuram meios para avaliar a administração do navio

119

49

  • - Velame do navio “TITANIA”

120

66

  • - Modulação matemática de sistemas físicos

121

122

123

14

18

19

  • - Quem controla o navio “Homem ou Máquina”

121

26

  • - Fábricas de papel construídas em pré – fabricados

65

37

  • - Hidróptero navega sobre as águas

11

21

  • - Toda a força a ré – manobras de passagem e inversão de marcha

6

23

  • - Progresso navios não convencionais

42

37

  • - Recuperação do N/M “SLOMAN RANGER”

69

53

  • - Navios graneleiros com superestrutura removível

125

67

  • - Tipos de navios

124

125

126

21

50

10

  • - Petroleiro tubular passa a fase do modelo

126

58

  • - Estabilizador activo sem alheta móvel

131

11

  • - Um novo conceito na Classificação de navios

131

33

  • - Estaleiro japonês investiga um novo tipo de membrana

138

36

  • - Navios substandard

138

48

  • - Novas tecnologias nas pontes dos navios

138

56

  • - Sistema atenuador dos balanços do navio

139

57

  • - Petroleiro de 300000 DWT, casco duplo, duplo fundo, coberta tronco

144

7

  • - Porta-combustível nuclear

144

21

  • - Navios singulares (articulados)

144

42

  • - Critérios de estabilidade inata para porta-contentores com comprimento superior a 100 metros

158

16

  • - Navio de guerra invisível

158

54

  • - O final de vida dos petroleiros é aos 25 anos?

159

53

  • - Navio químico moderno

163

41

  • - navio invisível graças a uma nuvem de água

164

46

  • - Merewido instala sistema de transporte de cimento no navio “CEM CRUSHER”

164

47

  • - Equipamento de corte e soldadura utilizado na construção simples e económica de um navio

166

46

  • - Perdas e abates de navios em 1996

169

55

  • - Intensificação das inspecções para eliminar os navios com baixo nível de segurança

174

43

  • - O registo de navios da Sibéria perde 102 barcos

177

55

  • - Benefícios trazidos pelo vento

178

51

  • - O surgir de um novo serviço

179

33

  • - Alteração no mercado de superpetroleiros

179

44

  • - O VLCC do futuro
180 48
  • - O duplo fundo virtual 180 51
180 51
  • - Confiança no futuro dos navios de cruzeiro 181 22
181 22
  • - Resumo da investigação técnica realizada pela RINA sobre o acidente do ERIKA 181 39
181 39
  • - A maior draga do mundo 181 44
181 44
  • - Nova geração de navios semi - submersíveis 181 52
181 52
  • - Oportunidades de rendimento do navio equipado com o Wärtsilä 64 182 22
182 22
  • - Navio de cruzeiros THE WORLD OF RESIDENSEA 182 39
182 39
  • - Alongamento e modernização do navio "COSTA CLASSICA" 182 43
182 43
  • - Navio de cruzeiros "COSTA ATLÂNTICA" 183 19
183 19
  • - Factores humanos no projecto e operacionalidade dos navios 183 43
183 43
  • - Transportes de produtos derivados do petróleo 184 47
184 47

 

 

 

N2 – NAVEGAÇÃO

  • - Novo sistema por satélite

24

43

  • - Ajuda automática por posicionamento visual

77

52

  • - Nuclear para 1990

67

47

  • - Mais segura no estreito de Magalhães

38

45

  • - Novo navegador de satélite compacto de posicionamento exacto

35

23

  • - Recursos informáticos na área de navegação e dos transportes marítimos

130

25

 

 

 

N3 – NOMENCLATURA DE PEIXES

  • - Da revista Pesca e Navegação em Português, Espanhol, Inglês, Francês, Italiano e Alemão

120

121

122

123

124

125

57

61

59

40

21

50

 

 

 

N4 – NORMAS / REGULAMENTOS

  • - Dia mundial da normalização

89

41

  • - Na construção naval

89

91

92

94

38

56

65

63

  • - Da marinha

84

37

  • - Normas navais

68

46

  • - Notícias sobre normalização

86

31

  • - AIN – Associação das Indústrias Navais

67

34

  • - Elementos de máquinas – ferragens, parafusos, pernes e chumbadores

72

44

  • - Elementos de máquinas – Ferragens e rolamentos

71

37

  • - Normas do material eléctrico

70

51

  • - Metais ferrosos – Aço e metais não ferrosos

69

37

  • - Tubagens e acessórios – Válvulas e flanges

73

40

  • - Sistema Internacional de Unidades

91

49

  • - Normas gerais e instruções de segurança

33

33

48

51

  • - De manipulação de garrafas de oxigénio e acetileno

7

21

  • - Novas normas de vibrações

15

16

43

36

  • - Normas gerais para limpeza de tanques que sirvam a gasolina

17

44

  • - Normas de segurança para o trabalho com maçarico

26

48

  • - Material eléctrico

74

45

  • - Normas sobre despejos para o mar

121

29

  • - Normas para o transporte de carga

123

30

  • - O elemento humano – Novo capítulo sobre management planeado para a SOLAS

125

29

  • - Actividades normativas (Ass. Indúst. Navais)

134

30

  • - Normalização da manutenção na CEE

148

49

  • - AIM – Associação das Indústrias Marítimas “Organismo de Normalização Sectorial”

154

52

  • - Actividades Normativas desenvolvidas em 1995

154

53

  • - Tradução de normas europeias em 1994/95

154

56

  • - AIM – Actividade normativa desenvolvida

156

56

  • - AIM – Organismo de normalização sectorial para construção naval

157

57

  • - AIM – Actividades normativas desenvolvidas em 1997

162

54

  • - Calendário de aplicações de Normas antes do final da década

168

43

  • - Novas regulamentações em matéria de segurança e contra incêndios

175

28

  • - AIM – Actividade normativa desenvolvida em 1999

175

53

  • - AIM – Objectivos para 2000

175

55

  • - A qualidade automóvel

176

52

  • - Qualidade nos projectos (gás Sines)

178

32

SOEMMM - Todos os direitos Reservados.